AGRONEGÓCIO

Um pedido do agronegócio paraense será atendido pelo presidente Michel Temer por intervenção do senador Jader Barbalho e do ministro Helder Barbalho.
A MP 733, que renegocia as dívidas da agricultura até dezembro de 2011, será assinada na semana que vem contemplando também os produtores do norte do país. O texto original da MP reservava os benefícios apenas aos agricultores nordestinos.
O ministro foi demandado pelo presidente da FAEPA, Carlos Xavier, e teve a ajuda do senador na mudança do texto.

(Repórter Diário/Diário do Pará)

Leia Mais

Maior programa de energia elétrica


Até 1984, somente Belém e Barcarena recebiam energia hidrelétrica de Tucuruí. No resto do Estado, a energia era a diesel e só durante a noite. Alguns municípios tinham energia 24h, mas a um custo enorme. Com Jader, a energia da hidrelétrica finalmente passou a ser um direito dos paraenses. Energia para o bem-estar da população e o desenvolvimento econômico. Através da Celpa, foi feito o maior programa de distribuição de energia do Pará. Primeiro a energia chegou a toda a região Nordeste, depois seguiu pela Belém-Brasília, pelo Vale do Acará, pela antiga PA-70 (atual BR-222), saindo de Dom Elizeu até Marabá. De lá, percorreu a PA-150 até Redenção e Conceição do Araguaia, na divisa do Estado. Em Santarém, foi duplicada a hidrelétrica de Curuá-uma. Outro projeto de grande repercussão foi o Luz Legal, com uma tarifa social que beneficiou milhares de famílias carentes.

Leia Mais

PA-150, a maior rodovia do Estado


Jader fez a maior rodovia de integração estadual, a PA-150, que sai de Moju e vai até Santana do Araguaia, com um total de 1.200 quilômetros, metade da Belém-Brasília. Ela foi realinhada, reconstruída e finalmente pavimentada. Alguns trechos, como 300 km entre Marabá e Xinguara, foram totalmente abertos. O sul pôde caminhar em direção a Belém, integrando a região mais rica do Pará ao restante do Estado.

Leia Mais

Integração na região Oeste

Jader fez a PA-254, que corre paralela ao rio Amazonas e aos municípios da Calha Norte, com duas grandes pontes aproximando a margem esquerda da margem direita. Fez a rodovia Translago, que liga Santarém a Juruti. Viabilizou a estrada até Santana do Tapará, reduzindo o tempo de viagem de 8 para 3 horas. Pavimentou a estrada de Alter do Chão e levou energia para o distrito, abrindo as portas ao turismo.

Leia Mais

Mais estradas


Outra obra importante de Jader é a PA-151, paralela ao rio Tocantins, pegando Igarapé-Miri, Cametá, Baião e Mocajuba. Antes, o único acesso era o próprio rio Tocantins. A rodovia permitiu o aproveitamento de terras férteis. Jader abriu e pavimentou a rodovia para Ajuruteua, em Bragança, e concluiu a do Crispim, em Marudá. Ele fez também o grande trevo do Atalaia, em Salinas. A abertura de vicinais chegou a 30% da malha paraense, beneficiando os pequenos agricultores. E a recuperação de estradas e pontes, com apoio às prefeituras, chegou a cerca de 7 mil km.

Leia Mais