A bela orla de Mosqueiro está, lamentavelmente, passando por um momento extremamente grave

A bela orla de Mosqueiro está, lamentavelmente, passando por um momento extremamente grave. A erosão, que avança em ritmo acelerado, está destruindo ruas, casas, mananciais, e gerando grandes prejuízos para a população.

Por isso eu, o ministro Helder e o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, estivemos juntos fazendo uma visita técnica às principais áreas atingidas. E estamos aqui para trabalhar!

O Mosqueiro, que é um lugar tão lindo, está perdendo o espaço de sua orla. O Helder garantiu ao prefeito Zenaldo Coutinho, que vai liberar recursos por meio da Defesa Civil, para salvar o Mosqueiro. No dia 31 de janeiro o prefeito Zenaldo encaminhou ofício ao Ministério da Integração Nacional expondo a gravidade da situação e solicitou parceria para execução de reforço estrutural e recuperação da orla do Mosqueiro.

Eu vou torcer e colaborar para que a equipe do Helder, no Ministério, a equipe do Zenaldo, na Prefeitura, toda a classe política paraense, lute de forma unida, independentemente de partido para salvar esse lugar, que é considerado nossa joia, que pertence a todos nós.

#JaderTrabalho
#JaderPeloPará
#Mosqueiro

Leia Mais

Evaldo Cunha, que foi prefeito de Ipixuna do Pará, também esteve no meu gabinete em Brasília nesta quarta

Evaldo Cunha, que foi prefeito de Ipixuna do Pará, também esteve no meu gabinete em Brasília nesta quarta, 15, acompanhado pelo deputado federal Beto Faro, e solicitou a inclusão de uma “patrol” (motoniveladora) para o município, na lista de emendas parlamentares.

Pelo menos 70% da população de Ipixuna vive e trabalha em área rural. Por essa razão, é mais que justa a solicitação para a manutenção da trafegabilidade das vias de acesso do município.

Aproveitei para parabenizar Evaldo Cunha pela eleição de sua esposa, Katiane, que vai comandar o município até 2020.

#JaderTrabalho
#IpixunaDoPará
#GabineteDePortasAbertas

Siga-me no Instagram
Siga-me no Twitter

Leia Mais

Jatene quer privatizar a Cosanpa

Total falta de gestão, abandono, descaso e sucateamento proposital. Essa é, na opinião do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Pará (Senge-PA), a estratégia que vem sendo utilizada pelo Governo Simão Jatene para privatizar a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). A opinião da entidade sindical é a mesma manifestada pelo senador Jader Barbalho (PMDB-PA) em artigo publicado no DIÁRIO no último dia 23. O Senge, falando em nome dos engenheiros da companhia, através de carta encaminhado ao senador, expressou “total concordância” com seu artigo em defesa da Cosanpa.

O documento, assinado pela presidente da entidade, Eugênia von Paumgartten, cita que o Governo Simão Jatene tem sede pela famosa “privatização à brasileira”, onde o Governo entrega o bem público para a iniciativa privada e esta, pelo favor prestado, ainda ganha financiamento do BNDES.

Em palestra realizada dia 20 de janeiro passado em Santarém, a presidente do Senge apresentou uma retrospectiva sobre o que foi a privatização da Celpa, idealizada pelo hoje governador Simão Jatene. Eugênia lembra que o quadro de engenheiros da Cosanpa já elaborou inúmeros planos de recuperação para a empresa, ignorados pelas diretorias.
A engenheira ressalta ainda que, durante 8 anos, o Governo do Estado não autoriza o reajuste tarifário, viabilizando, segundo ela, “a precarização desta empresa e a implementação de seu plano privacionista”. Eugênia reconhece que o projeto “Belém 2000”, idealizado e implantado no primeiro governo de Jader Barbalho, “até hoje assegura o abastecimento de água da Região Metropolitana de Belém”.
ARTIGO DE JADER BARBALHO DENUNCIOU SUCATEAMENTO

No artigo de Jader Barbalho intitulado “Falta d´água e de vergonha”, o senador revela que desde o primeiro dia do governo de Simão Jatene há descaso, incompetência e falta de investimento no setor de abastecimento, prioritário para a saúde e o bem-estar da população. “Falta água e falta tratamento da água. O que não falta mesmo é a conta salgada todo mês”, disse Barbalho.

O senador lembrou que, nos seus governos, “a água era uma questão de saúde pública, discutida com a população de cada canto deste Estado”, disse, lembrando que implantou ainda centenas de microssistemas de abastecimento de água em vilas, distritos, localidades, em muitos bairros de Belém, Ananindeua e em todo o Pará.

O que está por trás do sucateamento da Cosanpa, avaliou o senador no artigo, é a privatização da empresa. Para ele, o Governo do Estado quer que o sistema de abastecimento de água entre num processo de degradação e colapso “para que amanhã a população aceite a venda da companhia, da mesma maneira como aconteceu com a Celpa”.Ele lembrou que, na venda da ex-estatal de distribuição de eletricidade, houve desaparecimento criminoso de 450 milhões de dólares (valor da venda da empresa) em menos de 15 dias. “Tudo malandragem e roubo do dinheiro público.”
(Luiz Flávio/Diário do Pará)

#JaderTrabalho
#COSANPA

Siga-me no Instagram
Siga-me no Twitter

Leia Mais

Encontro com representantes de associações de produtores rurais da região Oeste do Pará

Recebi hoje, em Brasília, representantes de associações de produtores rurais da região Oeste do Pará. Eles estão apreensivos com os efeitos restritivos ao setor com a edição da Medida Provisória 756, que propõe a ampliação da área de proteção ambiental do Jamanxim, em Novo Progresso reduzindo para 3,9% a área produtiva no município.

Apresentei emenda à MP ampliando para 7,656% essa área. Beneficia o produtor rural e não prejudica o meio ambiente.

Estiveram na reunião, entre outros participantes, o deputado estadual Eraldo Pimenta, o vice-prefeito de Novo Progresso, Gelson Dill; e a presidente da Associação dos Produtores Rurais da Gleba Imbaúba e Gorotire, Mônica Corrêa.

#JaderTrabalho

#Brasília #SenadoFederal

Siga-me no Instagram
Siga-me no Twitter

Leia Mais