destaque-551990-senador

Bolsonaro tem a obrigação de unir o Brasil

Em meio às comemorações pela eleição do filho Helder ao governo do Pará, o senador reeleito Jader Barbalho (MDB) disse que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), precisa unir o país e manter boas relações com os demais Poderes.

“Com o país dividido, ele tem a obrigação, como presidente da República, de unir o Brasil e de manter com as instituições, seja o Congresso seja o Judiciário, uma relação que seja a melhor para o país”, disse Barbalho, 73, à Folha de S.Paulo.

O emedebista previu uma difícil relação com o Congresso por causa da fragmentação partidária e defendeu uma reforma para diminuir o número de legendas.

“Não há possibilidade de nós fortalecermos a democracia brasileira com esse sem número de partidos políticos existentes”, afirmou. “Há necessidade de fazer com que os partidos políticos passem por uma grande reforma. É uma tarefa do Congresso, do Poder Judicíario.”

Questionado sobre o MDB, disse que “todos os partidos no Brasil tiveram vitórias e derrotas. Os partidos estão fragmentados, não há absolutamente nenhum partido que tenha assumido, nestas eleições, uma liderança majoritária. Há uma ampla divisão em todo o país.”

“Helder é a grande esperança de renovação política no estado do Pará. Ele não foi eleito governador porque é meu filho, não. Fico muito gratificado, ele também seguramente fica gratificado pela paternidade. Mas ele foi eleito pela liderança que conseguiu construir. Foi vereador, prefeito, foi o deputado estadual mais votado, foi ministro de Estado três vezes com grande sucesso. É uma grande liderança.”

(Folhapress)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *