COLÉGIO MILITAR: SENADOR INDICA RECURSO PARA ABERTURA DE NOVAS VAGAS

O governo federal empenhou mais R$ 4.2 milhões referentes a emendas parlamentares indicadas pelo senador Jader Barbalho (MDB-PA) para o ano de 2018. O valor de emendas feitas pelo senador e empenhadas até o momento já soma R$ 9.181.116,00, beneficiando um total de 51 municípios, além da instituição de ensino Colégio Militar de Belém. Jader indicou um total de R$ 14.772.271,00 para projetos dentro do Estado e para auxiliar prefeituras em todas as regiões do Pará.

Entre as ações beneficiadas pelas emendas do senador Jader Barbalho estão priorizadas iniciativas para melhorar os sistemas públicos de saúde e educação. Para 2018, Jader indicou recursos para ampliação do número de vagas a serem ofertadas gratuitamente à população pelo Colégio Militar de Belém, primeira unidade inaugurada na Amazônia Oriental e 13ª unidade em funcionamento no Brasil.

Inaugurado no início de 2016, o Colégio Militar recebeu cerca de 120 alunos selecionados naquele ano, matriculados no sexto ano do ensino fundamental, apenas no turno da manhã. Mas a unidade necessita de recursos para ampliar suas atividades já que a demanda de alunos que procuram uma vaga aumenta a cada ano.

No final do ano passado, após receber apelo feito pelo coronel Celso Kersul, diretor do Colégio Militar de Belém, o senador Jader levou a demanda para a reunião da bancada federal paraense, realizada em Brasília, solicitando que os demais parlamentares também destinassem recursos para a instituição de ensino.

“É um colégio modelo, uma instituição que assegura formação integral de seus alunos, que mantém alto nível de ensino nos 130 anos de existência do sistema criado pelo Exército brasileiro. Acredito na instituição como formadora de cidadania, o que justifica a crescente demanda por novas vagas”, lembrou o senador, ao comemorar o empenho de R$ 500 mil para a instituição.

“Tenho consciência de que é um volume de recurso ainda insuficiente para a crescente demanda pela formação de novas turmas. Por isso apelei aos colegas parlamentares para que também fizessem suas indicações. Espero que possamos, a cada ano, manter essa parceria em benefício de um bem comum e maior que os demais: o direito sagrado a todas as crianças e jovens paraenses a uma educação de qualidade”, frisou o senador Jader.

O Colégio Militar de Belém passa por um processo de instalação gradativo que teve início com quatro turmas de 6º ano, com limite máximo de 25 estudantes por sala de aula. Já em 2017 foram abertas as classes de 7º ano e assim acontecerá sucessivamente até 2020, quando se espera ter alcançado a meta de mil alunos matriculados e implantar todas as séries do Ensino Médio, conforme detalhou o Coronel Celso Kersul.

APOIO AOS SERVIDORES DO INCRA

Dentre as ações priorizadas nas últimas semanas, o senador Jader Barbalho hipotecou seu apoio e solidariedade aos servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que se encontram em campanha pela reestruturação de carreiras dentro da autarquia federal.

Entre 1985 e 2018, o Incra teve o seu quadro de pessoal severamente reduzido de 9 mil para 4,5 mil servidores, ou redução de 50%, enquanto sua atuação territorial saltou de 61 para mais de 2.000 municípios.

Jader Barbalho encaminhou ofício aos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha; e do Planejamento e Gestão, Esteves Pedro Colnago Júnior, ressaltando sua preocupação com a situação dos servidores do Incra e apelando pela aprovação da referida reestruturação. O senador encaminho cópia do referido ofício ao presidente do Instituto, Leonardo Gões.
(Luiza Mello)

#JaderTrabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *