JADER SOLICITA RECURSOS PARA PESQUISAS SOBRE HANSENÍASE

A Universidade Federal do Pará (UFPA) quer avançar nos estudos da hanseníase. Está pronto um modelo de criação do Laboratório de Medicina e Saúde Pública que, além de permitir estudos mais profundos sobre a doença que foi estigmatizada durante vários anos no país, vai permitir a aproximação da Escola de Medicina da instituição com a população, por meio da qualificação da atenção básica em saúde pública.

Para viabilizar a capacitação de profissionais em atenção básica no contexto da hanseníase e para a construção do Laboratório de Medicina e Saúde Pública da UFPA, o presidente da Sociedade Brasileira de Hansenologia e professor do Instituto de Ciências Biológicas da UFPA, Dr. Cláudio Guedes Salgado, solicitou apoio ao senador Jader Barbalho (MDB-PA), a fim de que sejam liberados recursos do Ministério da Saúde para esse propósito.

O projeto para criação desta área inédita no país já foi entregue ao Departamento de Atenção Básica do Ministério e aguarda parecer favorável do ministro. Jader Barbalho já havia encaminhado solicitação ao ex-ministro Ricardo Barros que esteve, inclusive, em seminário realizado pela UFPA sobre o tema hanseníase. Ontem, o senador encaminhou ofício para o novo ministro da pasta, Gilberto Occhi, lembrando que algumas entidades internacionais, como a Colorado State University e a Infectious Diseases Research Instritute, ambas dos Estados Unidos, já manifestaram interesse no projeto.

A estrutura física do futuro laboratório será em um terreno já previsto no município de Marituba. Para o senador, este é mais um passo importante no reconhecimento do avanço no campo da pesquisa e tecnologia da UFPA. “Ao instituir sua própria rede de laboratórios compartilhados com o intuito de promover avanços na pesquisa em saúde pública através de ações integradas em tecnologia e inovação, a universidade se posiciona como uma instituição de ponta”, disse.

Segundo Jader, esse modelo de pesquisa e desenvolvimento acompanha as políticas nacionais que versam sobre desenvolvimento sustentável, otimização de recursos, acessibilidade às tecnologias e melhor gerenciamento dos processos.

O Simpósio de Hanseníase na Atenção Básica, realizado no fim do ano passado em Belém, mostrou que há hoje uma falta de conhecimento a respeito da doença entre profissionais e estudantes da área da saúde, sobretudo em Belém e região, área endêmica da de ocorrência da hanseníase.

AGRADECIMENTO

As ações de Jader Barbalho voltadas para a área da saúde em todas as regiões do Pará vêm surtindo efeito. Ontem, o prefeito de Belterra, Jociclélio Castro, agradeceu, nas redes sociais, o empenho do senador ao destinar R$ 149.970,00 para a compra de equipamentos para a Unidade Básica de Saúde do Aramanaí, no município. De acordo com o prefeito, esse recurso “ajudará muito a melhorar a prestação de serviços à população ribeirinha”. E concluiu: “O recurso está em conta, aguardando processo licitatório para compra dos equipamentos”.
(Luiza Mello/Diário do Pará)

#JaderTrabalho
#Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *